Confira o passo a passo completo para começar nesse ramo que cresce mais a cada dia por seu baixo custo de investimento

Um brechó online é uma excelente oportunidade de ganhar uma renda extra vendendo objetos usados na internet. Essa opção de negócio virou uma tendência no mundo digital nos últimos anos pelo seu baixo custo de investimento.

Montar um brechó é apostar em um estilo de empreendedorismo sustentável, que defende o consumo consciente, já que se trata de reaproveitar produtos usados ao invés de jogá-los no lixo. 

Assine a nossa newsletter e fique por dentro deste e de muitos outros assuntos que vão ajudar você a ter sucesso com o seu negócio.

Ao optar por esse tipo de comércio, o cliente acaba levando em consideração os recursos ambientais na hora de fazer compras, o que é de extrema importância.

Abrir um negócio do zero é muito mais fácil do que você imagina. Hoje, você vai aprender 13 estratégias de como montar um brechó online e transformar a venda de artigos usados na sua fonte de renda.

O que é um brechó?

brechó online

Brechó é uma loja de produtos usados, que podem ser desde roupas até móveis de decoração. Além de ganhar dinheiro, muitas pessoas que vendem itens em brechós são adeptas do slow fashion (“moda lenta”).

Esse movimento tem como objetivo desacelerar o consumo desenfreado de artigos da moda e valorizar a produção de cada peça, visando principalmente a diminuição dos impactos no meio ambiente.

É possível ter tanto um brechó online, no qual as vendas são feitas pela internet, quanto um brechó físico, no qual você expõe e vende seus produtos num ambiente físico. Tudo vai depender do tipo de operação que você quer, virtual ou presencial.

Qual é a diferença entre bazar e brechó?

Muitas pessoas confundem brechó com bazar, mas há pequenas diferenças que distinguem os dois. O brechó virtual ou físico é um negócio que envolve a compra e venda de mercadorias usadas num espaço fixo.

Já o bazar é um evento realizado com doações para arrecadar dinheiro para alguma causa social. Possui datas e horários específicos para acontecer e as pessoas que trabalham nele geralmente são voluntárias.

O que mais vende em brechó?

A comercialização de peças no brechó online engloba muitos objetos únicos e originais, já que a maioria desses negócios começa como um “desapego” nas redes sociais. 

Cada loja vende o que desejar e for vantajoso para ela, desde que esteja em bom estado. Para te ajudar nesta etapa, veja abaixo o que mais vende em brechó virtual:

  • roupas;
  • calçados;
  • acessórios;
  • itens de decoração;
  • livros;
  • móveis;
  • louças.

Como montar um brechó online: 13 dicas valiosas

brechó virtual

Uma pesquisa realizada por uma empresa especialista na venda de usados mostra que o comércio nos brechós online deve registrar um crescimento de 33% em 2021. 

Por isso, investir nesse segmento pode ser uma ótima oportunidade de negócio para você.

Para abrir um brechó do zero, é essencial prestar atenção nos detalhes e traçar estratégias específicas. Confira a seguir 13 dicas de como montar um brechó online de sucesso.

1) Elabore um plano de negócio

Chegou a hora de tirar suas ideias do papel e pensar nas melhores estratégias para montar o seu negócio

Comece definindo quais itens você vai vender no seu brechó, se serão vários tipos de objetos ou apenas um ou dois, como roupas e livros.

Analise o público-alvo que deseja atingir para se comunicar melhor com as pessoas e estude a concorrência para ver o que dá certo ou errado nesse mercado. Este é um passo importante para as coisas começarem com o pé direito.

2) Busque parcerias e fornecedores

É necessário pensar em como vender roupas usadas na internet de um jeito econômico e prático. Entretanto, foque sempre em valorizar a qualidade e apresentação delas para vendê-las em perfeito estado.

Você pode utilizar suas próprias peças, de amigos e parentes, ou até mesmo garimpar em algumas lojas. Ou seja, pesquisar e comprar em outros comércios.

Outra forma de buscar produtos para vender é o modelo consignado. Com ele, você recebe a mercadoria, vende e repassa um percentual para a empresa que forneceu os produtos. 

Também é possível estabelecer acordos e parcerias com lojas ou pessoas dispostas a fornecer roupas por um excelente custo-benefício. 

E se você pretende vender outros tipos de produtos, a ideia é a mesma. Estude qual maneira é melhor para você e encontre fornecedores de qualidade para o seu brechó online. 

3) Pense no estoque

Trabalhar com mercadorias, mesmo que usadas e únicas, exige um controle de estoque

Certifique-se de que você tem um local adequado para estocar seus itens, que seja limpo, organizado e arejado para conservá-los da melhor forma até a chegada ao cliente.

4) Cobre um preço justo

Priorize sempre trazer produtos de qualidade para vender no seu brechó virtual e cobrar um preço justo por eles. Afinal, ninguém merece comprar itens danificados ou com marcas de mau uso e ainda pagar caro por eles, né?

Faça uma pesquisa de mercado, veja o valor daquele produto e se há marcas de uso ou defeitos nele. Em seguida, pense no lucro que você deseja ter em cima dessa venda.

Lembre-se de que você precisa ter lucro, mas não pode vender as peças como se fossem novas. O preço precisa estar adequado ao estado do produto e ao tempo de uso.

5) Invista em fotos de qualidade

Num brechó online, sua maior arma é a qualidade das imagens dos seus produtos.

Dedique-se para tirar excelentes fotos e, se possível, utilize um cenário que as valorize, como uma parede colorida da sua casa, um lençol de cores contrastantes na cama ou até mesmo o fundo do guarda-roupa, se ele tiver um design diferente.

Para vender no Instagram, por exemplo, é interessante estabelecer um certo padrão para os seus posts e stories, visando criar uma identidade visual para o seu negócio. 

Essa estratégia chama a atenção dos clientes em potencial pelo ar de profissionalismo e organização.

6) Capriche na descrição

Escreva a descrição dos produtos de forma clara e detalhada. Aposte em adjetivos e características específicas das peças, como cor, tamanho, tipo de material e até combinações possíveis com outros itens.

Seja transparente e, se houver marcas de uso ou defeitos, informe aos consumidores para que eles não se sintam enganados.

7) Monte uma vitrine atraente

como montar brechó online

A vitrine virtual é seu cartão de visita e o que te diferencia dos outros brechós. Exiba suas mercadorias de maneira organizada e atraente, de forma a facilitar a navegação dos visitantes e a visualização dos artigos.

Ter um catálogo online pode ajudar a conquistar novos clientes e aumentar suas vendas. Busque ferramentas que oferecem esse tipo de recurso. Vai facilitar bastante o seu trabalho.

8) Abuse da criatividade

Qualquer pessoa pode vender objetos usados na internet, então é necessário se destacar no meio da concorrência. Seja criativo na comunicação e na divulgação do seu brechó online.

Promova seu negócio nas redes sociais para ampliar a visibilidade dele. Abuse do design e das cores da sua loja, utilize uma linguagem que se aproxime dos seus clientes e explore as datas comemorativas para impulsionar ainda mais suas vendas.

9) Diversifique os canais de venda

Vender pela internet é a tendência do momento, mas o ideal é investir em vários canais para conseguir alcançar o maior número de pessoas possível. 

Montar um brechó no Instagram é uma excelente oportunidade para comercializar produtos usados. Com um perfil comercial, você consegue até colocar aquela “sacolinha” indicando que o item está à venda, o que dá outra cara para a sua loja.

Outra opção é vender no WhatsApp. A versão do app para negócios permite criar um catálogo para suas mercadorias e até programar mensagens automáticas para quando você não puder responder. 

Você ainda pode vender no Facebook, em uma página própria ou no marketplace da rede social.

Também é possível utilizar plataformas especializadas em venda e revenda de produtos, como Mercado Livre e Elo7.

10) Divulgue seu brechó

como abrir brechó online

Divulgue todas as novidades do seu brechó virtual e deixe os seus clientes a par das atualizações do seu catálogo. Como todas as peças são únicas, ninguém quer ficar de fora e perder a oportunidade de adquirir um item que queria tanto, né?

Poste em todas as suas redes sociais e instigue as pessoas a ficarem alertas ao demonstrar que você está sempre em busca de itens novos. 

Com um excelente trabalho, seu brechó vai passar a ser promovido pelos seus clientes por meio de propaganda boca a boca. Marketing gratuito é tudo de bom!

11) Flexibilize os meios de pagamento

Hoje em dia, muitos estabelecimentos permitem pagamentos além do dinheiro ou cartão de crédito e débito. Esta prática representa mais comodidade e facilidade na hora de pagar e, consequentemente, eleva a satisfação do cliente com a sua loja.

Portanto, ofereça algo além do convencional. Veja abaixo algumas opções de meios de pagamento que você pode utilizar no seu brechó online:

  • boleto bancário;
  • Pix;
  • fiado;
  • parcelamento;
  • carteira digital; 
  • transferência bancária.

12) Estabeleça os tipos de entrega possíveis

Quando se trabalha com venda na internet, após a transação é preciso pensar em como enviar o produto até o consumidor

Esse processo pode ocorrer de várias formas, como via aplicativos de delivery, retirada em um local específico ou pelos Correios.

Analise a melhor opção para você e seus clientes, e, se possível, estabeleça mais de um tipo de entrega para que eles possam escolher.

13) Ofereça um excelente atendimento

Fidelize seus clientes com um atendimento humanizado e de qualidade, e garanta uma excelente experiência de venda. Saiba atender bem as pessoas e se comunicar de maneira respeitosa, atenciosa e transparente. 

Dê atenção ao pós-venda também e peça um feedback dos seus consumidores sobre a compra. Analise como foi a experiência de cada um e se atente às sugestões para melhorar o seu brechó virtual

Demonstre preocupação com a opinião das pessoas e vontade de evoluir seu negócio. É uma excelente oportunidade de reter clientes e se destacar dos concorrentes.

Conclusão: vale a pena montar um brechó online?

Se você busca um modelo de negócio sustentável, que esteja em alta e exija pouco dinheiro para investir, vale a pena sim

Pense bem no tipo de produto que pretende comercializar, se serão peças de pessoas próximas ou compradas em outras lojas para revender, e estruture um plano de ação para atingir os seus objetivos. Só assim é possível alcançar o sucesso.

Considere também usar aplicativos que automatizam as tarefas do dia a dia para economizar tempo e agilizar processos. São ferramentas ideais para gerenciar a sua empresa com eficiência. Boa sorte!