Ter um estabelecimento organizado mostra para o cliente que o seu negócio é para valer. Descubra como profissionalizar a gestão dos seus pedidos e conquiste a clientela 

Você sabe como organizar pedidos para restaurante? Esta é uma atividade essencial para que empreendimentos do ramo funcionem adequadamente, mas não é uma coisa que se aprende da noite para o dia.

Saber se estruturar diante de alta demanda, imprevistos, tempo de preparo de cada prato e clientes exigentes é uma habilidade que empreendedores acabam adquirindo somente com o tempo. 

Não é fácil, porém faz diferença na experiência da clientela. Se ela faz o pedido e vê que a equipe do estabelecimento demora, faz confusão e é desorganizada, vai pensar duas vezes antes de voltar ao local. Afinal, a chance de haver problemas com a compra é grande.

Uma gestão de pedidos malfeita prejudica a qualidade e agilidade do atendimento, resultando em demora na entrega, erro nos pedidos e informações confusas. Ou seja, afeta diretamente suas chances de fidelizar o cliente.

Quer aprender a evitar problemas como esses? Confira o passo a passo de como organizar pedidos para restaurante e coloque o seu estabelecimento no topo! 

Quer receber conteúdos como este direto no seu e-mail? Então, assine a nossa newsletter e venha fazer parte da comunidade do Comercyo.

Por que é importante fazer gestão de pedidos?

organizar pedidos de restaurante

Imagine o seguinte cenário: você pesquisa sobre como montar uma lanchonete, elabora um cardápio atrativo, seleciona ingredientes de qualidade e faz uma divulgação incrível nas redes sociais para atrair clientes.

Com o passar do tempo, o negócio começa a conquistar um vasto público, mas, por falta de organização dos pedidos, o tempo de espera é muito alto, há muitos erros nas entregas e a equipe fica desnorteada. 

Resultado: o estabelecimento fica mal visto pela clientela e corre um alto risco de fracassar. 

Organização gera produtividade. Se você não souber como organizar os pedidos recebidos no seu restaurante, especialmente se estiver começando um negócio do zero, a credibilidade dele pode ir por água abaixo.

Além disso, se o empreendimento trabalhar também com entregas via delivery ou retirada, o desafio é ainda maior. É necessário ordenar e integrar todos os canais de venda para que os pedidos que chegam em um não se misturem com os outros e isso cause confusão na cozinha. 

Então, se seu objetivo é atender bem os clientes e desfrutar de bons resultados financeiros no seu negócio, é essencial investir um tempo para estruturar o gerenciamento dos pedidos do seu restaurante.  

Como organizar pedidos para restaurante: passo a passo completo

Gerenciar pedidos é primordial para manter a operação do estabelecimento em ordem, mas grande parte dos comerciantes não sabe nem por onde começar.

Por esse motivo, para estruturar suas ações com mais clareza, antes de tudo, é interessante entender quais são as principais vantagens de organizar os pedidos recebidos no restaurante. 

Confira algumas delas:

  • reduz falhas de comunicação;
  • aperfeiçoa a qualidade dos serviços;
  • ajuda a identificar e resolver erros nos pedidos;
  • agiliza o preparo e entrega dos pedidos;
  • melhora a experiência de compra dos clientes;
  • alinha a equipe para trabalhar de maneira mais organizada e integrada.

Com isso em mente, confira o passo a passo de como organizar pedidos para restaurante e comece o quanto antes a colocá-lo em prática!

1) Defina um tipo de comanda

Para não haver ruídos na informação, o ideal é centralizar o recebimento de pedidos em apenas um canal. As comandas mais utilizadas em restaurantes são as de papel e a eletrônica – um método automatizado de registrar os pedidos.

Apesar de ser mais recomendado usar a versão eletrônica, em razão da praticidade e da segurança quanto ao armazenamento das informações, é ideal analisar as duas formas para verificar qual é a melhor para o seu estabelecimento. 

Por isso, conheça um pouco sobre esses tipos de comanda e analise qual atende melhor às necessidades do seu negócio: 

Comanda de papel

Muito comum em pizzarias e lanchonetes, a comanda de papel é mais indicada para estabelecimentos com um baixo fluxo de clientes. Isso porque, com ela, o processo de organização de pedidos é mais lento.

Neste modelo, é essencial centralizar todas as comandas em um ponto específico, já que os papéis podem se perder com facilidade

Além disso, no papel não há muito espaço preencher as especificações dos pedidos. Portanto, geralmente, os comerciantes prezam por registrar informações como data, número da mesa, produto pedido, quantidade e preço, sem deixar campos para outras anotações. 

Comanda eletrônica

Este modelo é simples de utilizar e recomendado para qualquer estabelecimento independentemente do tamanho

Utilizar um sistema de comanda eletrônica facilita o processo de organização de pedidos, permitindo o registro de informações mais específicas, cancelamento de itens e comunicação mais clara e objetiva.

Outro ponto importante é que, por ser um meio automatizado, a taxa de erros é menor, os processos são mais ágeis e simplificados e a equipe ganha mais tempo para tratar de outras tarefas. 

2) Elabore um cardápio estratégico

cardápio de restaurante atrativo

A primeira impressão é a que fica e o seu cardápio é uma espécie de porta da frente do restaurante, tanto para as vendas online quanto físicas. Portanto, ele precisa receber bem quem chega. 

O menu do seu estabelecimento deve ser atrativo e prático, despertar a curiosidade (além da fome, claro) e impactar positivamente o consumidor. 

Para isso, preze por tirar fotos de qualidade dos seus pratos e descrevê-los em detalhes, sem deixar espaço para dúvidas. 

É fundamental se colocar no lugar do cliente e imaginar o que seria mais adequado de se oferecer. Afinal, tudo se resume à experiência dele

Uma boa técnica para implementar no seu cardápio é destacar os produtos mais vendidos. Esse detalhe, além de ressaltar o sucesso do local, pode conduzir a decisão do freguês.

3) Determine processos para cada área

Cometer erros durante o atendimento desperta no cliente um sentimento de rejeição, fazendo com que ele busque outras alternativas que atendam às expectativas. 

Por isso, a organização é primordial para um bom funcionamento do restaurante, além de manter uma excelente reputação.

Guardar os produtos cada dia em um lugar diferente ou preparar pratos de forma aleatória, sem manter a mesma ordem (ex: primeiro a carne, depois a salada), pode bagunçar totalmente a rotina do estabelecimento. Para que isso não aconteça, é importante definir processos para cada área do negócio.

Estabeleça um modelo de como as coisas devem ser realizadas. Por exemplo, indique o local em que cada item deve ser armazenado, padronize a ordem de  atendimento às mesas e ordene a preparação dos pratos. 

4) Treine a sua equipe

atendimento ao cliente

Sua equipe recebe ou já recebeu algum tipo de treinamento? Se não, está na hora de providenciar isso. 

Treinar os seus funcionários adequadamente otimiza o tempo de realização das tarefas e deixa os trabalhadores mais seguros com as demandas que surgem.

Desta forma, eles conseguem desempenhar as funções com mais atenção e cuidado, proporcionando uma experiência mais agradável para o cliente.  

O garçom, por exemplo, é o intermediador entre a cozinha e o consumidor. Por meio desse profissional, a clientela pode tirar todas as dúvidas em relação aos pratos, pedir recomendações e, claro, fazer o pedido. 

Por essa razão, é indispensável que os atendentes sejam treinados para informar os mínimos detalhes de cada item do menu, como ingredientes usados, a forma de preparo e alternativas para consumidores com alergias e intolerâncias.   

5) Estabeleça uma ordem de preparo dos pedidos

Normalmente, os pedidos recebidos no restaurante são preparados de acordo com a ordem de recebimento das comandas. Mas isso não é uma regra que precisa ser seguida à risca. 

Os responsáveis pela cozinha podem fazer uma triagem para encontrar formas de otimizar o fluxo operacional. Neste sentido, uma comanda que tenha somente bebidas pode ser priorizada. 

Outro ponto importante que os funcionários devem considerar no momento de preparar os pratos é que pedidos individuais realizados pela mesma mesa devem ser feitos e entregues juntos.

Isso evita aquela situação desconfortável em que, em um grupo de parentes ou amigos, uma pessoa termina a refeição enquanto a outra sequer recebeu o pedido ainda.

Esse filtro de comandas se aplica não somente à organização de pedidos no restaurante, como também no sistema de entrega. Saiba que estabelecer critérios que ajudem a aprimorar o fluxo de produção permite que os entregadores planejem estrategicamente as rotas e façam a entrega mais rápido.

6) Atente-se ao tempo de entrega

Prometer um prazo ao cliente e descumpri-lo não é uma ação bem vista. Portanto, seja transparente e informe com clareza em quanto tempo o prato realmente será entregue. 

Caso a receita exija um alto tempo de preparo, o atendente deve comunicar o consumidor no momento do pedido. Assim, o freguês não cria falsas expectativas quanto ao tempo de espera. 

Aqui, é preciso certo jogo de cintura. Se for possível, o ideal é designar um funcionário para iniciar a produção de pratos que demoram mais primeiro e depois preparar os que são mais rápidos em paralelo. 

Mas mesmo assim você precisa estar sempre atento a todos os pedidos que chegam para saber o que deve ser priorizado. Afinal, o objetivo é deixar todos os clientes satisfeitos.

Dica: 3 melhores sistemas para gestão de restaurante

gestão de restaurante

A tecnologia é aliada de muitos empreendedores de sucesso. 

Sistemas que oferecem ferramentas que auxiliam na gestão de pedidos, controle de pagamento, estoque e clientes, organização de tarefas e vendas nas redes sociais são essenciais no dia a dia dos estabelecimentos. 

Opção é o que não falta no mercado. Existem diversos aplicativos e softwares que ajudam em cada um desses processos ou mesmo em vários deles. A questão principal é: qual pode ser a melhor escolha para o seu negócio?

Para te ajudar com isso, confira aqui alguns dos melhores sistemas para gestão de restaurante que existem no mercado e veja qual atende melhor às suas demandas. 

Kyte

O Kyte é o sistema de vendas ideal para gestão de restaurantes. Ele permite acompanhar todas as etapas do processo, lançar pedidos e vendas, controlar o estoque e ainda criar um cardápio digital em menos de 5 minutos. 

É uma solução que oferece um ponto de vendas completo e simples de mexer, para auxiliar você a vender tanto virtualmente quanto no estabelecimento físico. 

Além disso, com a plataforma, os donos de restaurantes podem aceitar pedidos de comida direto do Facebook e do Instagram.

Ao concluir as configurações, o empreendedor ganha automaticamente no perfil comercial do negócio o botão Pedir Comida, ferramenta semelhante à sacolinha do Instagram, só que exclusiva para restaurantes. 

O Kyte oferece dois planos: 

  • Grátis;
  • Pro (R$ 24,90 por mês).

Consumer

Consumer é um programa para gestão de restaurante que disponibiliza recursos para você fazer o controle de pedidos, financeiro e de estoque do seu estabelecimento de maneira simplificada.

O sistema ainda oferece integrações com plataformas como iFood e Smart Delivery (para logística), além de comanda mobile, cardápio por QR code e app para entregadores.

Conta com três opções de plano: 

  • Básico (grátis);
  • 1 Computador (R$ 44,90 por mês);
  • Rede Local (R$ 54,90 por mês).

Odhen

Odhen é um sistema de ponto de venda que conta com ferramentas para gestão de vendas, estoque e finanças. 

O software também permite venda no balcão e integração com plataformas como iFood, Rappi e 99 Food

Vale ressaltar que esta opção de programa é mais voltada para empreendedores que pensam em abrir mais de uma unidade do próprio restaurante.

Possui três planos: 

  • Odhen Express (R$ 299 por mês);
  • Odhen Middle (R$ 450 por mês);
  • Odhen Premium (valor sob consulta).

Conclusão: planejamento é a chave!

Como você viu, não basta sonhar com reter clientes, crescer no mercado e aumentar as vendas se você não estiver preparado para isso. Desde o planejamento até a entrega dos pedidos, tudo deve ser bem estruturado.

Organizar pedidos para restaurante pode não ser a tarefa mais prazerosa do mundo, mas é extremamente necessária. Com a estratégia correta, você pode obter excelentes resultados.  

Aproveite para conferir dicas essenciais para melhorar a divulgação do seu restaurante e desperte no consumidor a vontade de conhecer a sua marca!