Esqueça os tradicionais salgadinhos e doces de festa de aniversário. Veja como ter sucesso vendendo outros tipos de alimentos

Seja em lojas físicas ou na internet, vender comida é uma opção para muitas pessoas que desejam começar um negócio do zero. 

De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), esse setor registrou, em 2020, um crescimento de 12,8% no faturamento, em comparação ao ano anterior. Descontada a inflação do período, houve um aumento de 3,3% nas vendas.

O cenário favorece os pequenos comerciantes. Nos últimos tempos, notou-se uma ampliação no número de consumidores que optam por comprar produtos em lojas de bairro e outros comércios locais, movimento que acabou ganhando peso com a pandemia de Covid-19.

As pessoas têm dado mais valor a itens artesanais, personalizados e menos industrializados. Essa tendência abre possibilidades para comercializar alimentos dos mais variados tipos, não se restringindo apenas aos tradicionais salgadinhos e doces de festa de aniversário.

Por isso, listamos abaixo 5 opções de comida para você vender em casa e iniciar o seu negócio com o pé direito.

Doces

O que vender de comida: doces

Há uma infinidade de doces que podem ser fabricados em casa além do brigadeiro, beijinho e cajuzinho para servir na hora do parabéns. Contudo, por ser um setor tão amplo, é preciso estudar e pensar bem antes de escolher o que vender.

Por exemplo, é muito importante pesquisar a preferência dos seus possíveis clientes. Começar a fazer coisas exóticas, com sabores muito diferentes sem saber se isso agrada o seu público-alvo é uma tática arriscada.

Outro ponto importante é calcular o custo benefício do produto. Desta forma, você evita escolher algo que exige muitos recursos e dá pouco retorno. Sabe o tradicional brigadeiro de festa? Ele dá um trabalhão para produzir e o preço médio de venda não é muito alto. 

Já o brigadeiro gourmet é fabricado com ingredientes diferenciados e, por ser considerado algo fora do trivial, ganha valor pelo sabor e exclusividade. Em outras palavras, o cliente não se importa de pagar um valor um pouco mais alto por ele.

A melhor dica é optar por uma receita que você sabe fazer com a mão nas costas. O ideal também é ser algo que você goste de fazer, afinal grande parte do seu dia será dedicada a isso.

Para ter sucesso com a venda de doces, você precisa se atentar principalmente a duas coisas: sabor e apresentação. Como você vai vender algo muito ligado ao prazer, este sentimento deve estar presente na maneira como você mostra o produto aos clientes.

Opções de doces para vender em casa:

  • brigadeiros gourmet;
  • doces finos para casamento;
  • doces para comer em qualquer ocasião (ex: donuts, cupcakes e pães de mel);
  • ovos de Páscoa;
  • bolos.

Biscoitos decorados

O que vender de comida: biscoitos decorados

Você já deve ter ganhado ou visto aqueles biscoitinhos que são muito comuns no final do ano, com desenho de árvore de Natal, animais, Papai Noel, entre outros. 

Saiba que eles são uma excelente opção para fabricar em casa e vender em qualquer época e ocasião, como lembrancinhas de aniversários, casamentos, chás de bebê e eventos corporativos.

Quer uma dica de ouro? Busque parcerias com casas de eventos, buffets e empresas que organizam festas em geral. Desta forma, você atrai mais clientes para o seu negócio e amplia o reconhecimento da sua marca.

Linha saudável

O que vender de comida: linha saudável

Uma outra tendência que vem se acentuando entre as pessoas é o consumo cada vez maior de alimentos saudáveis. Em 2019, o Brasil era o quarto país em uma lista global de maiores consumidores desse tipo de comida. Tal movimento cria ótimas oportunidades de negócios.

A concorrência neste setor vem crescendo conforme o aumento no consumo. Por isso, é necessário muita atenção e estratégia na hora de divulgar a sua mercadoria. Tudo, claro, atrelado a qualidade, preço justo e um toque especial para se diferenciar dos demais.

Como há uma infinidade de produtos saudáveis a se explorar, o caminho ideal é dividir sua produção em alguns segmentos específicos: itens para emagrecer, para quem tem restrições alimentares, para quem é vegano, etc.

Opções de linha saudável para vender em casa:

  • sucos detox;
  • marmitas;
  • doces.

Produtos regionais

O que vender de comida: alimentos regionais

Os alimentos regionais, coloniais ou “da roça” são aqueles com “gostim” especial do interior. Eles contam com muitos adeptos nos grandes centros urbanos pelo sentimento de nostalgia que provocam.

O sabor mexe com as emoções, mas a apresentação não pode ser deixada de lado. Vale usar embalagens rústicas e originais para encantar os clientes, usando materiais como papel pardo, fitas de palha e tecido de chita.

Opções de alimentos regionais para vender em casa:

  • doce de leite;
  • queijos coloniais;
  • pães artesanais;
  • licores;
  • compotas e geleias.

Pães artesanais

O que vender de comida: pães artesanais

As hamburguerias artesanais se popularizaram bastante nos últimos anos. Além dos molhos, temperos e carnes serem diferenciados, o pão é um item muito importante na confecção desses lanches.

Aqui é preciso ficar de olho para manter uma boa relação com as empresas compradoras, o que dá uma segurança maior para o seu negócio. Assim, pontualidade na entrega é essencial. Além disso, procure formas de atualizar e inovar a receita dos pães.

Dicas

Se você chegou até aqui, viu que demos várias dicas de como potencializar o seu negócio caseiro. Mas como ajuda nunca é demais, vamos reforçar duas estratégias de extrema importância para o sucesso do seu empreendimento.

Crie uma identidade visual

Mesmo sendo um produto caseiro, você precisa criar uma marca para ele, uma identidade visual única. Isso ajuda na divulgação da mercadoria e no reconhecimento da sua empresa.

Com a tecnologia atual, esse trabalho ficou mais simples. Existem muitos sites e aplicativos que oferecem ferramentas para criação de logos, facilitando o trabalho e ajudando principalmente quem não tem muito conhecimento na área. 

O LogoMaker, por exemplo, é uma opção gratuita e muito simples para criar logotipos. Dá para criar um em poucos minutos.

Invista na divulgação

Independentemente do produto escolhido para começar o seu negócio em casa, lembre-se de que não adianta produzir o melhor quitute do mundo e com a embalagem mais caprichada se ninguém souber que ele existe.

Use e abuse das redes sociais. Capriche nas fotos e nas descrições. Temos muitos conteúdos aqui no Comercyo para te ajudar nesta missão. Mãos à obra!