Fique de olho: mercadoria encalhada há mais de 45 dias pode significar prejuízo para o seu negócio. Veja como lidar com esse problema

Mercadoria parada é sinônimo de prejuízo. Saber administrar um estoque de forma eficiente é dever de qualquer comerciante. Afinal, ninguém quer investir em um produto e não ter um retorno financeiro sobre ele.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) recomenda que a mercadoria não fique mais do que 45 dias, em média, parada no estoque, pois pode significar prejuízo ao dono ou dona do negócio.

Se você está passando por esse problema, procure manter a calma. A gente te ajuda. Confira as nossas dicas do que fazer com o seu estoque parado.

1 – Analise por completo o seu estoque

A primeira coisa a se fazer quando seus produtos se acumulam é realizar um raio-x completo para tentar entender o que aconteceu.

Pense se você não acabou investindo em algo apenas por empolgação ou se apostou suas fichas na mercadoria errada, por exemplo, e tente calcular melhor da próxima vez que for abastecer o estoque. 

  • Primeiramente, veja o quanto sobrou no mês.
  • Em seguida, atente-se às datas de vencimento, se houver produtos nessas condições.
  • Analise os registros de tudo o que entrou e saiu da sua loja. Observe quais foram os itens mais vendidos.
  • Faça um levantamento de quanto tempo, em média, cada produto está parado no estoque. Atenção redobrada àqueles que estão há muito mais de 45 dias encalhados.

2 – Bole um plano de ação eficaz

Depois de reunir todas as informações necessárias, está na hora de pensar no que precisa ser feito, de fato, com os produtos. Este processo requer muita calma e atenção.

É o momento de bolar ações específicas que chamem a atenção da clientela. Para isso, considere:

  • fazer promoções;
  • baratear o custo da entrega ou dar frete grátis;
  • conceder cupons de desconto;
  • dar descontos progressivos;
  • montar combos atrativos para os seus consumidores.

3 – Anuncie com esperteza

Com o plano de ação em mãos, é preciso focar em como anunciar as novidades.

Para chamar a atenção aqui, vale aquelas famosas frases como “último dia para aproveitar a oferta”, “o gerente ficou louco e abaixou os preços”, “promoção válida até x horas ou até durarem os estoques”. Só não esqueça que originalidade e criatividade também marcam pontos. 

As redes sociais são excelentes ambientes para explorar a divulgação dessas campanhas. Uma dica: tenha cuidado na hora de anunciar para deixar a oferta muito bem esclarecida, já que problemas aqui podem levar a uma acusação de propaganda enganosa.

4 – Aprenda com os erros

Por fim, de nada adianta seguir todos esses passos e daqui a alguns meses ter que fazer tudo de novo porque o problema se repetiu.

Obviamente imprevistos acontecem, mas muitas vezes a situação pode ser evitada com atitudes simples. Procure acompanhar com frequência o estoque e estudar direitinho o que precisa ser solicitado aos fornecedores. 

Mãos à obra

A ideia é que você tenha aprendido até aqui a não deixar mais as mercadorias encalharem no seu estoque. Mas mesmo que isso, por um acaso, aconteça, você já sabe como lidar com o problema.

Agora não há mais desculpas para deixar acumular produtos no estoque, hein?