No geral, a resposta para essa dúvida é sim, mas depende do ramo de atuação

Via de regra, sim, micronegócios precisam ter estoque. A primeira coisa que você deve entender é que manter um estoque de produtos é importante para qualquer empresa, seja qual for o tamanho. Mas, assim como tudo nessa vida, há um porém.

É que dependendo do seu ramo de atuação, ter um estoque não será muito útil. Calma, a gente explica.

Pense em uma loja que fabrica itens personalizados, por exemplo. Ela não tem como manter estoque pois cada cliente vai customizar sua compra de uma forma diferente, certo?

Basicamente, os dois sistemas mais comuns são:

Produção para estoque

Aqui, a produção é baseada em uma previsão da demanda dos consumidores. O dono ou dona do negócio analisa e faz um cálculo da quantidade que será necessária fabricar e armazenar (estoque mínimo) para vender. Normalmente, são itens com características padronizadas.

Trata-se de um processo mais tradicional e que requer constantes atualizações, em vez de estabilizar em um nível específico de produção o ano inteiro. Com isso, o objetivo é evitar que a mercadoria fique encalhada. Por outro lado, o sistema permite que a empresa entregue o produto logo que receber o pedido, pois ele já estará pronto.

Essa opção se torna particularmente complicada para empresas que têm ciclos de vendas sazonais. Além disso, exige espaço para armazenar o estoque, o que acaba sendo um gasto a mais para o negócio.

Produção para demanda

Neste caso, há um plano de produção que é colocado em funcionamento após os clientes efetuarem o pedido. Esse sistema é ideal para negócios que lidam com produções customizadas por consumidores e consumidoras.

Em resumo, aqui se produz somente o necessário. Logo, praticamente não há desperdício. O ponto negativo é que, por ser confeccionada após a encomenda, a mercadoria demora mais para ser entregue. Em contrapartida, não há necessidade de grandes espaços de armazenamento.

Conclusão

Se você não trabalha com produtos customizados, provavelmente precisa manter um estoque. Aliás, não somente manter, mas também controlá-lo. E para isso, a tecnologia pode ser uma grande aliada, já que há diversos aplicativos e sites que ajudam a organizar as mercadorias armazenadas.

Aproveitando o assunto, o Sebrae oferece cursos gratuitos e online para quem quer entender mais sobre administração de estoque. Um deles é o Mantendo o estoque em dia. Vale conferir!