Independentemente do tamanho do seu negócio, coletar e analisar informações sobre clientes permite elaborar ações mais eficientes e, claro, vender mais

Para quem você vende ou pretende vender? Se a resposta for “todo mundo” ou algo do tipo, Houston, we have a problem.

Empreendedoras e empreendedores de sucesso não contam apenas com a sorte, mas também com o uso de estratégias bem pensadas e comprovadamente eficazes. Uma delas é ter um público-alvo definido

Não importa o tamanho do seu negócio, ter o maior conhecimento possível sobre clientes ajuda a vender mais.

Quer saber como? Confira abaixo.

O que é público-alvo?

Em primeiro lugar, você precisa compreender o que ele é, antes de entender como ele te ajuda. Público-alvo é o grupo de pessoas para as quais você quer vender.

(Ué, mas eu quero vender para qualquer um que queira comprar.) Sim, mas calma. Vamos continuar… 

O público-alvo é formado por pessoas com certas características em comum, como gênero, idade, profissão, etc.

Pense, por exemplo, em uma loja de cosméticos. De cara, podemos dizer que a maioria das pessoas que compram ali são mulheres, não? Então é para elas que o dono ou dona do comércio vai direcionar as estratégias e, assim, conseguir atrair cada vez mais interessadas.

Por que ele é importante?

Simples: é muito mais fácil vender para alguém cujos interesses estão ligados ao seu produto do que para qualquer outra pessoa. Como tempo é dinheiro, não se pode desperdiçá-lo focando as energias no lugar errado. 

Dessa forma, definir o público-alvo permite voltar as ações para os indivíduos ideais. Seguindo essa linha, a chance de elas darem certo e a venda se concretizar é maior. Além disso, você ainda poupa esforços ao deixar de tentar chamar a atenção de alguém que não tem nada a ver com o seu produto.

Conhecer seus clientes permite uma comunicação mais certeira, já que eles vão entender a sua língua e se identificar com a sua marca. 

Qual é o meu público-alvo?

Grandes empresas contratam equipes de funcionários especializados, fazem pesquisa de mercados, estudos secundários… Enfim, conduzem uma verdadeira força-tarefa para conhecer melhor o público-alvo.

No caso dos negócios menores, que não podem investir tanto dinheiro nessa missão, é possível obter algumas informações de maneira mais simples.

Por exemplo, após realizar uma venda, envie algumas perguntas básicas para o cliente. Isso já vai te ajudar a ter uma ideia de quais características seus consumidores têm em comum.

Também vale acompanhar os perfis de quem compra com você, prestando atenção na idade, gênero, profissão, interesses, o que conseguir.

E agora?

Você já aprendeu o que é público-alvo, por que ele é importante e como identificar o seu. Sua lição de casa agora é colocar todos esses ensinamentos em prática, analisar quem já compra com você e pensar em técnicas para atrair as pessoas certas.